“O fim do Direito não é abolir nem restringir, mas preservar e ampliar a liberdade”
“A injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça por toda parte”
“Interpretar a lei é revelar o pensamento, que anima as suas palavras”

Consulta Processual

Insira seu usuário e senha para acesso à movimentação do seu processo

Notícias

Newsletter

Previsão do tempo

Segunda-feira - Petrol...

Máx
36ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Petrol...

Máx
35ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Petrolândia, P...

Máx
35ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Petrol...

Máx
36ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Webmail corporativo

Espaço funcional - Destinado apenas para os colaboradores

Confira a pauta de julgamentos do STF desta quarta-feira (24)

O primeiro tema incluído na pauta do Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quarta-feira (24) reúne oito ações que questionam a competência do Ministério Público para instaurar e conduzir investigações, exercendo funções de polícia judiciária. Também foi incluída para julgamento a ação em que o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) questiona a decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) que afastou Ednaldo Rodrigues da presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e nomeou um interventor para assumir o cargo. O relator da ação, ministro Gilmar Mendes, deferiu medida liminar e suspendeu a decisão do TJ-RJ, determinando o retorno de Ednaldo Rodrigues ao cargo. O Plenário agora decidirá se confirma ou não a decisão do relator. A discussão envolve a intervenção do Poder Judiciário em questões internas das entidades desportivas.Confira, abaixo, a lista de todos os processos pautados: Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 2943Relator: ministro Edson FachinAutor: Partido Liberal (PL) Interessados: Presidente da República e Congresso NacionalQuestiona normas que atribuem a órgão do Ministério Público as funções de polícia judiciária. O colegiado vai decidir se o Ministério Público tem poderes de investigação criminal e se a aplicação subsidiária das normas da Lei Orgânica do Ministério Público da União aos Ministérios Públicos dos estados ofende a autonomia dos estados-membros.Sobre o mesmo tema serão julgadas também as ADIs 3309, 3318, 3329, 3337, 3034, 2039 e 3317. Saiba mais aqui. Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 7580 – Referendo na medida cautelarRelator: ministro Gilmar MendesAutor: Partido Comunista do Brasil (PCdoB)Interessados: Presidente da República e Congresso NacionalNa ação, o partido pede que o STF fixe interpretação de forma a assegurar a não intervenção do Poder Judiciário em questões internas das entidades esportivas. Além disso, pede que seja reconhecida a legitimidade do Ministério Público para, com base na proteção do consumidor, firmar Termos de Ajustamento de Condutas (TACs) com entidades desportivas. A ação foi ajuizada contra decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) que destituiu o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e designado um interventor para gerir a entidade. Tal decisão foi suspensa por medida cautelar do ministro Gilmar Mendes.Saiba mais aqui. Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5667Relator: ministro Nunes MarquesAutor: Procurador-geral da RepúblicaInteressados: Presidente da República e Congresso NacionalA ação questiona a nova redação dada pela Lei 12.970/2014 ao Código Brasileiro de Aeronáutica, referente aos procedimentos de apuração do Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SIPAER) e sobre o sigilo das investigações envolvendo esses acidentes. Segundo a PGR, com as alterações, tais informações só poderão ser fornecidas mediante autorização judicial, inviabilizando o trabalho do Ministério Público e da Polícia Criminal. Saiba mais aqui.Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5070Relator: ministro Dias ToffoliAutor: Procurador-Geral da República Interessados: Governador de SP e Assembleia Legislativa de SPA ação questiona normas estaduais que criaram o Departamento Estadual de Execuções Criminais e do Departamento Estadual de Inquéritos Policiais no Judiciário paulista. A PGR alega que, ao centralizar a prestação dos serviços judiciários penais em poucos locais, a medida atenta contra as garantias do amplo acesso à Justiça, da ampla defesa e da eficiência da administração pública. Saiba mais aqui.Recurso Extraordinário (RE) 766304 - Repercussão geral (Tema 683) - Fixação de teseRelator: ministro Marco Aurélio (aposentado)Estado do Rio Grande do Sul x Verônica Xavier WinterO recurso discute o direito à nomeação de candidato preterido quando a ação é ajuizada após o prazo de validade do concurso. O STF reformou decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) que havia determinado a nomeação de uma candidata aprovada em concurso para professor da rede pública de ensino. Agora o Tribunal fixará a tese de repercussão geral.Saiba mais aqui. Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) 63Relator: ministro André MendonçaAutor: Procurador-Geral da República Interessado: Congresso NacionalA PGR alega omissão do Congresso Nacional para editar lei que regulamente parte do artigo 225 da Constituição Federal, que assegura a proteção de biomas como o Pantanal quanto à exploração de recursos. Saiba mais aqui.
23/04/2024 (00:00)

Contate-nos

Fabiano Oliveira Advogados

Av. Dom Pedro II  272
-  Centro
 -  Petrolândia / PE
-  CEP: 56460-000
+55 (87) 3851-0646
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia